Categorias

Últimos posts

Publicidade

diferença-cerdas

Você sabe o motivo de usar tal pincel para esfumar ou pincel X para aplicar corretivo? Ou sabe apenas porque viu muitas pessoas usando da mesma forma? Ou acabou comprando porque  alguém falou que era bom? Entendo bem, pois no inicio comprei muitos pincéis dessa forma, então nesse post vou te explicar a diferença das cerdas e o motivo de usar cada tipo para funções diferentes.



No mundo da maquiagem a explicação sempre foi uma divisão básica dos pincéis da seguinte forma: 

Existem dois tipos de cerdas, os naturais e os sintéticos.

Os pincéis de cerdas naturais, são macios, maleáveis, ideais para utilizar produtos em pó, pois ajuda no acabamento mais esfumado e bonito na pele, porém não podemos usar esse tipo de pincel para aplicar produtos líquidos, pois acabam sugando muito produto.

Os pincéis de cerdas sintética são mais firmes e ideais para quando precisamos de precisão  no acabamento ou quando usamos produtos líquidos, pois os mesmos sugam menos produto.


Essa é uma explicação simples sobre os tipos de cerdas, mas não acaba por aí, quando falamos em cerdas naturais você pode parar e pensar qual a sua origem, "é feito de cabelo humano? Ou é de origem animal?" E as cerdas são feitas de pelos de animal, como cabras, pôneis, entre outros, porém hoje em dia podemos encontrar muitas marcas que trabalham com pincéis de cerdas sintéticas muito similares aos naturais.

Agora vou melhorar a explicação, podemos usar dois tipos de cerdas, as de fibra macia e maleável que são ideais para produtos em pó, e que são encontradas com cerdas naturais ou sintéticas. Para um fácil entendimento, para conseguir um bom esfumado o pincel não precisa ter de cerdas naturais e sim possuir cerdas macias, quanto mais macio e maleável mais esfumado será o acabamento do produto que você está aplicando.



E temos os pincéis com fibra mais rígidas, ideias para aplicação de produto líquido, pois não sugam tanto produto e conseguem uma precisão melhor na aplicação. Para um fácil entendimento, quando mais rígido a fibra desse pincel, maior precisão e pigmentação do produto você terá.



Como saber se o pincel que estou comprando é de origem animal ou é fibra sintética?

Verifique a embalagem e veja a informação se consta que o produto é vegano ou se as cerdas são sintéticas. Alguns pincéis de origem animal são mais caros que os sintéticos,  porém tudo depende de qual animal foi extraído, se for de animais de gado, como cabra, cavalo, pônei, costumam ter o preço mais acessíveis dependendo da marca, então se você não deseja comprar pincéis de origem animal tem que observar a descrição do produto.

 - Vale ressaltar que produtos que descrevem como Cruelty-free não significa que não tem origem animal e sim que não fizeram teste em animais.

Agora que expliquei sobre a existência dos pincéis de cerdas naturais e sintéticos, e que ambos podem ser macios e usados para aplicação de produto em pó, vou mostrar algumas diferenças sutis entre eles.



Nessa foto tem dois pincéis de esfumar, o branco é da Vult 015, cerdas naturais (Sendo mais especifica, de Cabra), o segundo pincel é da marca Macrilan, com cerdas sintéticas. Podemos perceber que o pincel de cerdas sintéticas são mais lisas, enquanto as naturais os fios ficam mais aberto, desaliando.


Outro detalhe que podemos ver a diferença é na hora de lavar os pincéis, quando lavamos o pincel de cerdas naturais temos que ter um cuidado a mais, usar shampoo e às vezes é necessário o uso de condicionador para que fiquem mais alinhados, já os pincéis de cerdas sintéticas podemos usar detergente que depois de secos eles voltam a forma que foram feitos.



Nessa foto apresento o pincel duo fiber, que possui uma mistura de dois tipos de cerdas, as naturais e as sintéticas, o objetivo desse pincel é que você consiga aplicar produtos líquidos de forma que fiquem mais naturais e esfumados na pele, como base, corretivos, blush e contornos. 



Agora um outro modelo  de duo fiber que é totalmente de fibra sintética, que no caso a marca apenas criou duas camadas de cerdas, porém esse modelo em si acho muito ruim consegui um acabamento bonito na aplicação de base, com esse efeito esfumado e natural na pele, particularmente gosto de usar esse pincel em especifico com produtos pastosos, que consigo mais naturalidade e acabamento bonito.


Sabendo dessa diferença fica fácil descobrir qual pincel usar para cada etapa na maquiagem, né?
Resumindo, quando você precisa de um efeito natural e esfumado, como na hora de aplicar o blush, você pode escolher um pincel macio, cheio e que consiga um esfumado bem natural.
Caso você precisa de precisão, como um delineado gatinho optar por pincéis mais rígidos.

Um detalhe: Os pincéis com esses dois tipos de cerdas não se aplicam apenas para os pincéis de maquiagem, também encontramos no ramo pintura, para designer das unhas, entre outros.

Espero ter te ajudado a entender melhor a diferença entre os pincéis e que você consiga comprar de acordo com a sua necessidade na hora da maquiagem.

Compartilhe com os amigos

Comente pelo Facebook!

Comente pelo Blog!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *